Violência doméstica na Rússia: demasiado grande para ser punida

Descruba a Putínica lógica: a penalização da violência doméstica (sejamos claros: dos Homens sobre as Mulheres e as crianças) destrói a Família. Porquê? Porque limita a Autoridade do Chefe de Família. DESPENALIZAR a violência salva a Família, imagem do regime cuja Autoridade e Legitimidade para punir não podem ser postas em causa… (cada maiúscula conta). Cai o pano sobre o mundo do silêncio. Mas que mundo?

Dados terríveis:

  1. A lei despenalizando a violência doméstica foi votada na “DUMA” (parlamento russo) por 385 votos a favor e 2 contra.

http://www.lemonde.fr/europe/article/2017/01/26/contre-les-valeurs-occidentales-la-russie-depenalise-les-violences-domestiques_5069197_3214.html

  1. Na Rússia, são cerca de 14.000 mulheres por ano que são assassinadas pelos cônjuges ou pela família próxima.
  2. Em Portugal (10 milhões), com cerca de 50 assassinatos de mulheres por violência doméstica por ano, estamos a 5 mortes por milhão de habitantes
  3. Na Rússia, com 14.000 mortes para 140 milhões de habitantes, o nível de mortes é de 1/10.000. Ou seja, em proporção, para atongir o nível russo, o número de assassinatos de mulheres em Portugal seria de 700 / ano
  4. Por isso se justifica o pânico da Autoridade: a dimensão do fenómeno é tal, que penalizar a violência doméstica provoca um sismo social.
  5. Quem sabe estas coisas?

“Un chiffre revient pourtant en permanence, dans les publications que nous avons consultées comme dans les entretiens que nous avons menés, notamment avec les responsables du centre ANNA : celui des « 14 000 femmes [qui] meurent par an des violences domestiques. Ce sont les chiffres du Ministère de l’Intérieur 18 »” in

https://conflits.revues.org/18388

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s